Arquivo do mês: setembro 2012

Confisco do ser

Vivendo em suspenso, numa bolha parêntese, que já sinto elástica e larga o bastante para ser suportada. A consequência é um compasso de vida que se define em total contrariedade. Fatos, fatos tão perturbadores quanto mesquinhos e medíocres, me tomam o tempo na medida em que tento me desvencilhar dos mesmos. E esse tempo gasto me rouba a atenção e a dedicação aos meus prazeres. meu “Impeachment intelectual e circunstancial” tem me custado a criatividade assim como a vontade. Não me sinto capaz – e nem poderia – de me dar ao luxo de ser apenas eu, nesses tempos. Me percebo dispersiva e apática. Não sei quais danos serão superados. Tenho grande capacidade de recuperação, um certo vigor interior, mas será o bastante para catar meus cacos espalhados, e cada vez mais distantes um do outro, dispersados pelo vento maldito, imediato e instintivo da mera sobrevivência? Nunca foi justo.

Autor: Cynthia Kremer

3 Comentários

Arquivado em Pessoal